Estante Cápsula | Dia Mundial do Livro

by - 21:59



Hoje é Dia Mundial do Livro e dos Direitos de Autor, e a Andreia, do blogue As Gavetas da Minha Casa Encantada, decidiu lançar um desafio fantástico, e também complexo, a alguns blogs portugueses. Claro que não poderia ignorar este desafio e desde já, agradeço à Andreia a oportunidade que deu ao Mas Bea! para tal. 

Sempre gostei de livros, lembro-me perfeitamente de todas as noites escolher um livro para a minha irmã do meio ler para mim até adormecer. Apesar de hoje adorar livros, a aprendizagem da leitura não foi nada fácil para mim e durante algum tempo tive um pouco de dificuldade, mas nunca desisti e encorajava-me a ir atrás de livros perdidos pela minha casa de forma a melhorar a minha leitura. Os anos passaram, aprendi a ler e adorava ir para a biblioteca da escola básica requisitar livros, mas no último ano da básica já não lia assim tanto e sentia que tinha perdido esse interesse. O secundário foi uma fase complicada para mim, a nível de relações e mesmo vida pessoal, e foi aí que voltei a descobrir como a leitura é importante e o quanto ela nos complementa enquanto seres vivos. Agarrei-me aos livros e voltei a ler.

Hoje em dia leio por gosto, leio quando sinto a necessidade e vontade para isso acontecer. Durante algum tempo definia uma quantidade de livros que tinha de ler durante o ano, e do jeito que sou, claro que contrariei a minha própria vontade e não lia nem metade daquilo que era esperado. Hoje em dia deixo que o meu desejo por letras, palavras, frases, desperte e faça-me querer agarrar nos livros e ler. Há momentos em que preciso de sentir um livro, as suas folhas, o peso, o cheiro de um livro novo. Noutras compro os livros online e leio através do tablet. Há livros que devoro num piscar de olhos, outros que levo um pouco mais de tempo. Os gostos são muitos, mas adoro um bom romance, ou então, histórias de fantasia e mistério. Também gosto de ler livros sobre emoções e autoajuda, são sempre os livros que mais me chamam a atenção e que me deixam bem. 

Mas já chega desta conversa toda, e vamos aquilo que interessa: o desafio!



Mudas de casa. E na tua estante nova só tens espaço para ter 4 autores e 3 livros. Quais escolhes?

Esta é daquelas perguntas que não se faz a uma pessoa do signo Balança! Ter de escolher alguma coisa é uma actividade complexa e completa de indecisão, mas eu consegui. Ainda que com dúvidas, mas consegui. 

4 Autores

Quando se trata de arte que melhora o nosso planeta, nada se compara à literatura. A experiência imersiva oferecida pelos livros e pelos seus autores, transporta-nos não só para outros lugares, como também para outros contextos mentais e sentimentais. Tal como referi a cima, tenho vários gostos literários, por isso variados autores e títulos. 

1. Nicholas Spark
Chamem isto de clichê ou o que quiserem, mas este homem tinha de estar incluído na minha lista!! É um escritor que tem uma varinha mágica para uma escrita emocional mas sem deixar os leitores indiferentes. Já li vários romances e por isso acabo por ser um pouco critica com os livros (e com a vida?!) devido ao romance ao qual nos habituou. Não há engenhosidade na forma literária ou na construção, portanto, as obras são rápidas e fáceis de ler. Não é preciso muita concentração para entender a história, por isso são livros que se podem ler no autocarro ou no metro.

2. Joanne Kathleen Rowling
Outro clichê? Talvez! Mas esta é a minha escritora de fantasia preferida e a quem eu agradeço todos os dias por ter criado o Harry Potter, bem como Newton Scamander, que me arrancaram da realidade tantas e tantas vezes. Um rapaz magricela, com óculos remendados e que dormia num armário debaixo das escadas da casa dos tios. Com o passar das páginas e dos livros (também cada vez maiores), vamos crescendo com ele, quem leu estas aventuras na adolescência, pode de verdade dizer que cresceu no mundo dos bruxos, afinal quem a escrita de Joanne puxa-nos para dentro de todos os livros de uma forma tão intensa, como se fossemos a “Alice” e acabássemos de cair na toca prestes a entrar num novo mundo. Por isso, sou muito grata a esta escritora que ainda hoje tem um cantinho especial no meu coração.

3. Meik Wiking
Sou devotada a livros de autoajuda, bem como este dinamarquês que com os seus livros fazem a vida ficar um pouco mais leve e até mesmo compreensível. Ler os seus livros, é o mesmo que passar a olhar para o mundo de uma forma completamente diferente. Quando me sinto mais em baixo e uma autentica bomba de pessimismo, gosto de agarrar num dos seus livros e reler, mesmo já os sabendo de cor.

4. John Green
Perspicaz, arrojado, irreverente e cru, é assim que posso descrever este escritor de romances. Repetimos aqui um "padrão" de Spark mas com uma escrita mais virada para adolescentes, o que torna muito apetecivel a leitura dos seus livros. "A Culpa é das Estrelas" foi o primeiro livro que li e confesso que, não é o melhor livro do autor (pelo menos para mim), mas até gostei. Aliás, por causa deste livro acabei por ler quase todos os livros de John Green. 


3 Livros

Se escolher autores já era complicado, ter de escolher apenas 3 livros foi quase missão impossível. Penso que se só podesse escolher 3 livros, O Diário de Anne Frank teria de ser um dos que vinha comigo. Li-o no 8º ano e fiquei completamente apaixonada pela trágica história, não só pela sua intensidade e realidade, mas também por retratar um dos momentos históricos que mais gostei de estudar: o holocausto. 
Nos dias atuais, é quase impossível conhecer alguém que nunca tenha ouvido falar no Código da Vinci, e este seria outro livro que não iria despensar. Eu, claro, durante alguns anos fiz parte da percentagem de pessoas que já tinham ouvido falar do livro, mas jamais tiravam um tempo para lê-lo ou até mesmo saber do que se tratava. Hoje em dia fico incrédula quando recordo que deixei isso acontecer por tanto tempo! Colocando a carroça à frente dos bois, garranto que foi uma das melhores leituras que já realizei.  
Por fim, mas não menos importante, Monstros Fantásticos e Onde Encontrá-los, porque todos nós precisamos de um momento de fantasia para podermos às vezes deixar a realidade para trás. De fato, depois de Newt Scamander chegar a Nova York para uma curta viagem, encontramos as criaturas maravilhosas que o mesmo deixa escapar de sua mala. 


Para acompanhar a leitura... Hum.. talvez um chocolate quente ou um café com leite, umas bolachinhas para não ficar com fome, ou se estiver a caminho do trabalho no autocarro uma barrita. 

Sublinhar livros? Sim, com um marcador colorido e marcadores autocolantes. Mas apenas se o livro for meu. Se estiver a ler um livro no tablet também os sublinho. 

Uma personagem para tomar café... Newt Scamander, sem dúvida alguma e de preferencia com a sua varinha e com a sua mala fantástica! Acreditem que teriamos imensos temas de conversa. 

Team marcador de livro ou qualquer coisa serve para marcar a página? Hum.. penso que marcador de livro, mas por vezes, aquela dobrazinha na ponta da folha também funciona 😅

Um livro para reler... O Menino do Pijama às Riscas, um eterno amor por este livro. 

Um livro que me acompanha da infância... A Bela e o Monstro e também O Grufalão

Na mesa de cabeceira, tenho… Leia Isto se Quer Tirar Fotografias Incríveis de Lugares de Henry Carroll


Lista de Leitores convidados:
  • Beatriz Sousa [https://suspirosdabea.blogspot.com/]
  • Rita Correia [https://the-choice-26.blogspot.com/]
  • Sofia Costa Lima [https://asofiaworld.com/]
  • Carolayne Ramos [https://imperiumblog.com/]
  • Os Devaneios da Tim [https://osdevaneiosdatim.pt/]
  • Ana Ribeiro [https://escreviverbyanaribeiro.wordpress.com/]
  • Ângela [http://arrblogs.blogspot.com/]
  • Sandra Cavaleiro [http://momdescomplicada.pt/]
  • Carolina Ferreira [https://o-bem-me-quer.blogspot.com/]
  • Cherry [https://www.lifeofcherry.pt/]
  • Andreia Moita [https://andreiamoita.pt/]
  • Rita da Nova [https://ritadanova.blogs.sapo.pt/]
  • Ana Garcês [https://infinitomaisum.com/]
  • Matilde Ferreira [https://matildeferreira.co.uk/author/admin/]

Espero que tenham gostado tanto deste desafio como eu! A Andreia soube mesmo pôr nos à prova. Então, mas e vocês? Se só pudessem levar 3 livros com vocês, qual seriam?

You May Also Like

3 comentários

  1. Muito obrigada, de coração, por teres aceitado o desafio e por partilhares a tua relação com os livros *-*
    Só o ano passado li Harry Potter, mas J.K. Rowling marcou-me profundamente!

    ResponderEliminar
  2. Adoro John Green, é um autor que aborda sempre uns temas tabu e acaba sempre de maneira imprevisível

    ResponderEliminar