Studying Abroad: Vou estudar para Inglaterra

by - 19:20


Hello ♥ Acho que pelo título do post já dá para ter assim uma ideiazinha sobre o que é que vou falar hoje não é mesmo? Bem, se vocês me acompanham seja aqui ou em outra rede social minha já devem ter uma pequena ideia do que se está a passar na minha vida, mas caso não acompanhem e tenham caído aqui de para-quedas, a novidade é que eu vou estudar para Inglaterra durante 3 anos! Neste exacto momento faltam apenas 8 dias para eu embarcar nesta nova aventura que me aguarda, e eu encontro-me aqui perdida no meio das malas, documentação e remates finais antes de embarcar, e para os que já sabiam disto foi um óptimo pretexto para me pedirem para falar um pouco sobre como é que me surgiu a oportunidade, o que é que eu tive de fazer, e muitas mais questões às quais eu quero responder. E por isso mesmo decidi criar uma rubrica aqui no blogue completamente dedicada a tudo sobre esta minha nova jornada a estudar no Reino Unido, então vamos lá partir do inicio de tudo. 

Porquê Inglaterra?

À coisa de 7 anos atrás eu tive a oportunidade de passar uns dias em Londres numa visita de estudo da disciplina de Inglês, eu estava no 8º ano, era uma miudinha de 14 anos e para ser sincera era péssima a inglês, nem tinha qualquer interesse pela disciplina, já para não dizer que nunca tinha viajado na vida, pelo menos não para fora do país. Aquele dias foram toda uma descoberta para mim, e foi aí que de despertou o meu interesse não só por viagens, mas por Inglaterra e a língua, voltei para casa completamente apaixonada por aquilo e com uma ideia na cabeça de que ali era o meu lugar, e era ali que eu pertencia. Viajava imenso no pensamento imaginando a minha vida lá, naquele frio e nas ruas londrinas pelas quais me apaixonei de imediato, mantive essa ideia na cabeça durante anos, fiz o secundário e sempre disse a mim mesma que me iria formar e iria viver e trabalhar para Inglaterra.
Não só escolhi Inglaterra para ir viver e estudar por me ter apaixonado pelo país, mas também porque em termos de estudo e currículo será muito benéfico para mim, já para não dizer que será uma experiência da qual nunca me vou esquecer e com a qual eu sei que vou aprender muito. Lá eles valorizam muito o crescimento e independência dos jovens e por isso mesmo têm um sistema que permite estudar, trabalhar, praticar actividades e ainda ter uma vida social bastante activa, tudo isso sendo gerido e balanceado de forma a que nada seja desvalorizado. Pelo pouco que eu tenho visto da experiência universitária de cá, são poucos aqueles que conseguem estudar e trabalhar ao mesmo tempo, por vezes não têm tempo para nada e acabam perdendo grande parte da vida pessoal para se dedicar aos estudos. E isso foi uma das coisas que me fez desistir de estudar cá e querer ir estudar para fora. 


Como me surgiu a oportunidade?

Foi em 2014 que conheci a Ok Estudante através da minha melhor amiga, lembro-me perfeitamente de ela me falar sobre tudo o que eles ofereciam e como tornavam possível o sonho de ir estudar para Inglaterra, e se eu gostava de ir com ela a um evento onde iriam estar presentes várias das faculdades de Inglaterra e tudo isso acabou por me despertar muito interesse. Ponderei muito, falei muito com os meus pais sobre isso, e no ano seguinte eu já estava a terminar o secundário, mas infelizmente os meus pais não tinham possibilidades financeiras para me ajudar nisto e também com a descoberta da doença do meu pai foi algo que deixei de lado e decidi então trabalhar e juntar dinheiro durante 1 ano. Após o meu pai falecer, voltei a pensar no assunto, em como eu sabia que tanto ele como a minha mãe queriam que eu fizesse a faculdade, e foi em Outubro do ano passado, 2 anos depois de conhecer a empresa, que marquei uma reunião e fui até lá. Posso dizer que tive um atendimento 5 estrelas e que me explicaram tudo como era e não era, disponibilizaram-se para tudo o que eu precisasse e apoiaram-me em todos os aspectos, e para além disso deram um apoio enorme à minha mãe que estava completamente perdida e assustada com o facto de eu ir para fora. Mal assinei o contrato com a Ok Estudante a jornada começou. E agora vocês devem estar-se a perguntar, então mas como é que isso funciona? Resumidamente a Ok Estudante vai ser quem vai tratar das burocracias para vocês irem estudar para o estado Britânico com as propinas 100% financiadas, eles tratam de toda a documentação, da vossa candidatura e entrada nas faculdades, marcação do exame, e guiam-vos para que tudo se torne mais fácil. É um processo entre eles e vocês que vai sendo feito através de e-mails com o vosso student adviser. Por isso, resumindo e concluindo, a minha oportunidade surgiu através da Ok Estudante, a quem eu só tenho a agradecer. 


O que é que eu tive de fazer?

Como vos expliquei no ponto a cima, a Ok Estudante é quem trata de toda a burocracia, mas nós também temos um papel bastante importante como alunos, e é isso que eu vos vou explicar agora. Partindo do inicio, eu inscrevi-me na empresa e como já disse assinei um contrato com a mesma, logo aí eu já tinha a minha student adviser que é quem tratou de todo o meu processo e a quem eu recorri para questões que tive e para tratar de todos os documentos. O primeiro passo que eles nos dão é escolher-mos duas faculdades (primeira e segunda opção) para nos candidatar-mos, eles enviam-nos uma lista de faculdades baseada na nossa média final do secundário, e após a escolha das faculdades, o nosso papel como alunos vai ser de dar todas as informações e documentos que eles necessitem para a candidatura. A partir daqui vão ter de tratar de vários documentos como as informações para a candidatura à faculdade, documentos para o Student Finance que é relativo às propinas, entre outras coisas incluindo o exame de inglês. O exame é o exame nacional de Inglês (IELTS), que será aquilo que decide a vossa entrada final na faculdade ou não. Posso-vos dizer que agora conhecendo todo o processo que é necessário para nós alunos estrangeiros nos candidatar-mos às faculdades de lá, eu digo-vos que sem a Ok Estudante não iria conseguir, toda a burocracia e assim é assustadora e é mesmo preciso muita documentação a ser tratada. 


Como eu escolhi a minha faculdade?

Quando foi a hora de escolher a faculdade eu estava um pouco perdida porque tinha umas 6 opções, mas a melhor parte é que quando eles nos enviam as opções que temos vem com um resumo sobre cada faculdade e as suas facilitações e assim, o que para mim foi crucial na hora de tomar a minha decisão. Outro factor que me levou a escolher a faculdade foi a localização, durante muito tempo eu ponderei e queria estudar no centro de Londres, mas após uma pesquisa a fundo sobre os custos de vida e mesmo a rotina na capital apercebi-me de que talvez fosse melhor optar por algo mais calmo e mesmo em conta. Foi então que eu descobri a Anglia Ruskin University em Cambridge, e acabei descobrindo que era a cidade universitária, completamente rodeada de faculdades e estudantes de todos os lugares que possam imaginar. Foi como que um amor à primeira vista e consegui então tomar a decisão de estudar na Anglia Ruskin, as condições e estudos que eles oferecem para o meu curso e para todos os outros estudantes são óptimas, já para não falar que Cambridge para mim é muito melhor que Londres para viver e o custo de vida é menor do que na capital do país. Mas a faculdade em si foi o que me chamou mais à atenção foi o facto de eles terem um dos rankings mais altos de satisfação com o ensino e suporte académico por parte dos alunos; outra foi também por a faculdade ser uma das 40 maiores instituições do Reino Unido e um dos 350 maiores do mundo no Ranking Mundial de Universidades do Times Higher Education; e outros factores como as instalações, o curso e tudo isso, que me fez optar pela minha faculdade. 

Acho que para primeiro post desta nova rubrica aqui no blogue consegui responder às questões principais que vocês tinham. Quero também salientar e informar que NÃO, eu não estou a ser patrocinada ou paga para falar sobre isto! Todos as publicações que surgirem ao longo desta rubrica serão a minha pura e sincera opinião, e também toda a minha experiência e vontade própria de falar sobre o assunto. Qualquer dúvida que tenham não exitem em contactar ou deixem um comentário. Espero que tenham gostado e que isto vos ajude caso estejam a pensar em ir estudar para fora. 

You May Also Like

8 comentários

  1. Que óptimo minha querida! Desejo-te toda a sorte do mundo e adorava ler mais acerca da tua experiência!
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada linda! Acredita que ainda vão haver muitos posts aqui acerca de toda a minha experiência aqui por Inglaterra durante os próximos 3 anos 😘

      Eliminar
  2. Boa sorte em sua nova jornada!
    Bjus
    Fabi
    www.fabianacorrea.com

    ResponderEliminar
  3. brutal! acho uma oportunidade fantastica para ti e para todos!
    despertaste o bichinho em mim! eu queria ter ido o ano passado para a faculdade mas tambem nao consegui e tive a trabalhar este ano e mais uma vez nao consegui por razoes monetarias, mas ja tinha ouvido falar da ok estudante da futuralia e acho que vou ponderar!
    beijinhos,

    Girly World

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente uma grande oportunidade e ainda bem que achaste interessante, é uma experiência que vale muito a pena! Acho que fazes muito bem em ponderar e informares-te melhor com a empresa, eles fornecem toda a informação e disponibilidade que precisares. Beijinhos grandes 😘

      Eliminar
  4. Foi tão gostoso ler este post!!! Que tudo te corra bem na universidade e na inglaterra

    ÚLTIMO POST: Ela Já Não Te Ama
    Blog || Facebook || Instagram || Pinterest || Twitter
    kill them with kidness, Woah Arabella

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tal como tinha prometido, aqui está! Muito obrigada pela força linda. Beijinhos grandes 😘

      Eliminar